17
Dom, Fev
1New Articles

Teatro
Typography
  • SmallerSmallMediumBigBigger
  • DefaultHelveticaSegoeGeorgiaTimes

 

Teatro Itália - Eu te amo mesmo assim

 
“Circolo Italiano” – Para quem não sabe, este é o nome oficial do Edifício Itália, o segundo maior prédio da cidade de São Paulo e do Brasil.
 
 Inaugurado em 1965, em um dos pontos focais de São Paulo (na esquina das avenidas Ipiranga e São Luís, no centro da cidade), esta construção é protegida pelo Patrimônio Histórico por ser um dos maiores exemplos da arquitetura verticalizada brasileira.
São 46 anos de inúmeros acontecimentos, vividos, imaginados, discutidos e saboreados no panorâmico restaurante conhecido como Terraço Itália, que permite infinitos olhares sobre o infinito de uma metrópole vista em 360 graus.
 
E infinita é a imaginação, que de tão inebriante, passeia no subsolo deste imponente edifício, trazendo histórias reais ou fictícias, que transformaram este espaço de dois andares em um dos maiores marcos do cenário cultural paulistano: Viva o TEATRO ITÁLIA, espaço teatral que abrigou produções históricas e que agora, sob a gestão de Erlon Bispo e Darihel Souza, encontra-se revitalizado, reformado e completamente reequipado para prosseguir colhendo impressões e emoções que serão narradas num brilhante amanhã.
Teatro Itália - Eu te amo mesmo assim 
"EU TE AMO MESMO ASSIM", comédia musical baseada na obra "A Arte de Amar", de Ovídio, com direção de João Sanches, supervisão geral de João Falcão e adaptação de Jô Abdu.
Os atores dançam, atuam e interpretam grandes sucessos da MPB, como "O que será", de Chico Buarque, "Eu te darei o céu", de Roberto Carlos, "Acontece", de Cartola, "A Linha e o Linho", de Gilberto Gil, entre muitas outras canções de autores consagrados, como Geraldo Azevedo, Vinicius de Moraes e João Falcão. "Eu Te amo mesmo assim" foi sucesso de crítica e público no Rio de Janeiro, onde realizou seis temporadas.
 
Sinopse
No palco, dois atores (Laila Garin e Osvaldo Mil), dão todas as dicas para o grande segredo do amor: a conquista. Acompanhados por uma banda com quatro músicos, "Eu te amo mesmo assim" contou com os arranjos inéditos do diretor musical Alexandre Elias, que trabalhou numa linguagem que mistura rock, pop e disco, criando uma dinâmica eletrizante.

O elenco
Osvaldo já está radicado no Rio de Janeiro há tempos e atuou em espetáculos como "Os Cafajestes" de Fernando Guerreiro, e "Dhrama" de João Falcão. Já Laila é a mais nova "baiana do Rio". Depois de fazer parte durante quatro anos da Casa Laboratório para as Artes do Teatro, companhia dirigida por Cacá Carvalho e a Fondazione Pontedera de Teatro da Itália em São Paulo. Na Bahia, iniciou sua carreia ao lado dos atores e amigos Wagner Moura e Vladimir Brichta, num espetáculo dirigido por José Possi Neto.
 
O Repertório
O Barquinho - Roberto Menescal/ Ronaldo Bôscoli Coleção - Cassiano/ Paulo Zdanowski O Que Será - Chico Buarque Garotos - Leoni / Paula Toller A Linha e o Linho - Gilberto Gil Paz na Cama - Edson Mello / Rhael Banho de Piscina – João Falcão Amor perfeito - Michael Sulivan/Paulo Massadas Aguenta coração - Ed Wilson, Paulo Sérgio Valle e Prêntice Negue - Adelino Moreira / Enzo de Almeida Passos Modinha - Tom Jobim / Vinícius de Morais Eu te darei o céu - Roberto Carlos Eu te amo mesmo assim - Martinha Acontece – Cartola Evidências - José Augusto / Paulo Sergio Valle Dueto – Chico Buarque Êxtase - Guilherme Arantes Tenho – Sidney Magal Bicho de sete Cabeças - Zé Ramalho, Geraldo Azevedo e Renato Rocha Paula e Bebeto – Milton Nascimento e Caetano Veloso Joga Fora no Lixo - Paulo Massadas - Michael Sullivan
 
Assista um vídeo da peça
 
Ficha Técnica
Texto – Inspirado no livro "A Arte de Amar" de Ovídio (43AC – 17DC) 
Idealização e Adaptação – Jô Abdu | Supervisão Geral – João Falcão
Direção – João Sanches Elenco – Laila Garin e Osvaldo Mil | Direção Musical – Alexandre Elias
 
Teatro Itália (Lotação: 278 lugares) – Edifício Itália 
Av. Ipiranga, 344 – Subsolo – Metrô República – Centro – São Paulo/SP Tel. (011) 2122-2474 
Temporada: 25 de agosto a 16 de outubro de 2011 - Sexta 21h30, sábado 21h e domingo 19h 
Bilheteria: 15hàs 21h | Preços Populares: R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (meia) e R$ 10,00 (alunos e professores de escolas públicas de ensino, mediante comprovação) 
Duração: 60 minutos Classificação indicativa: 14 anos. 
 
 
 
BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS