15
Seg, Out
0New Articles

Cinema
Typography
  • SmallerSmallMediumBigBigger
  • DefaultHelveticaSegoeGeorgiaTimes

 

cinema, internacional, mostra, 35ª 

Na abertura oficial para a imprensa e convidados, realizada ontem à noite, não faltaram homenagens como um documentário sobre sua vida realizado por colaboradores e amigos. Também partiu dele a decisão de enxugar a versão de 2011, que ao optar apenas pela exibição de filmes inéditos no país fez a mostra ter 298 títulos em exibição, segundo a curadora Renata de Almeida. No ano passado, foram mais 400.
 
A opção deixou de fora trabalhos significativos e de apelo popular que passaram pelo Festival do Rio, como os últimos de Pedro Almodóvar (“A pele que habito”), David Cronenberg (“Um método perigoso”), Steven Soderbergh (“Contágio”) e Gus Van Sant (“Inquietos”). Mas isso não significa que a mostra perdeu sua referência. “Fausto”, vencedor do Leão de Ouro de Veneza , encerra o festival que teve a abertura de "O garoto de bicicleta". O longa dos irmãos Dardenne dividiu o último Grande Prêmio do Júri de Cannes com “Era uma vez na Anatólia”, também presente.

Também vale destacar a retrospectiva dedicada a Elia Kazan, que terá nove filmes exibidos, entre eles “A luz é para todos” e “Sindicato dos ladrões”, que lhe renderam dois Oscars. Viúva do controverso cineasta, a escritora Frances Kazan é uma das convidadas desta edição, que por conta da homenagem exibirá mais uma vez o documentário “Uma carta para Elia”, de Martin Scorsese.

Os fãs do cineasta nova-iorquino, por sinal, terão a chance de ver “Taxi driver” na telona, em versão restaurada. Para os saudosistas, outras dicas são as exibições de “Laranja mecânica” (cujos bastidores ganharam um documentário de Antoine de Guademar – veja infográfico acima) e de “O Leopardo” (Luchino Visconti) e “A doce vida” (Federico Fellini). Esses dous últimos entraram em circuito para celebrar os 100 anos de Nino Rota, um dos maiores compositores de trilhas sonoras da história do cinema.
Também ganham retrospectivas Sergei Paradjanov, que ainda terá uma exposição no MIS (Museu da Imagem e do Som), e o russo Aleksei German.
35ª mostrainternacional de cinema de São Paulo

Quando: de 21 de outubro e 3 de novembro de 2011
 
Informações e programação completa:
Central da mostra: Conjunto Nacional (Paulista, 2073), das 10h às 21h, ou http://35.mostra.org
 
VIDEO 
 
 
 
Quanto:
Permanente integral: R$ 390
Permanente integrante Folha: R$ 331,50 (para assinantes do jornal)
Permanente especial: R$ 90 (para sessões de 2ª a 6ª feira até às 17h55)
Permanente especial Folha: R$ 76,50
Pacote de 40 ingressos: R$ 285
Pacote de 20 ingressos: R$ 165
Ingressos individuais (adquiridos somente no dia da sessão)
Segunda a quinta: R$ 14 / R$ 7 meia
Sexta a domingo: R$ 18 / R$ 9 meia
 
Vendas pela internet: www.ingresso.com, com antecedência de quatro a um dia antes da sessão

 cinema, internacional, mostra, 35ª

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS